A metodologia ágil como modelo de negócios da próxima década

Por Dalton Locatelli

image

De acordo com a primeira pesquisa feita pela HLB International, os líderes de empresas globais dos mais variados setores têm uma visão clara dos modelos de negócios ideais para o futuro e a maioria delas passa pela utilização de metodologia ágil em suas gestões.

A metodologia ágil, que nasceu na área de tecnologia e teve como objetivo agilizar processos de desenvolvimento de produtos é um dos principais fatores atuais de crescimento das organizações. E, apesar de ter surgido em 2001, o conceito de que o produto pode ser aprimorado após seu lançamento, ou seja, onde são feitas melhorias contínuas em uma primeira versão de um produto para agilizar a experiência do usuário ao longo do tempo, tem muito a nos ensinar.

Os quatro princípios do denominados de “Manifesto Ágil” podem trazer para as empresas não somente agilidade na criação de novos produtos e serviços para garantir sua continuidade no mercado, como também serem aplicadas na nova forma de trabalho do futuro.

Isto porque, nos quatro pontos listados pela metodologia: “Indivíduos e interações mais que processos e ferramentas”, “Software funcional mais que documentação abrangente”, “Colaboração do cliente mais que negociação de contratos” e “Responder a mudanças mais que seguir um plano” são os aspectos mais discutidos em todas as áreas da empresa.

Prova disto é que, na própria pesquisa da HLB International, os líderes informaram estarem de olho em um modelo de negócios mais móvel, flexível e habilitado para nuvem, adequado para o futuro, refletindo este ponto de vista inclusive em suas estratégias de talentos: tendo 81% dos líderes empresariais comentado que estão explorando acordos de recursos mais flexíveis e 72% deles estão tentando recrutar funcionários mais diversos com habilidades mais amplas. Isto porque eles reconhecem que as novas formas de trabalhar tornarão suas organizações mais ágeis e mais adequadas ao ambiente de negócios atual.

Apesar de não ser algo novo, a expansão dessa metodologia para outras áreas de suporte das empresas traz um novo cenário no panorama de sustentabilidade das organizações.

Dalton Locatelli é CEO da HLB Brasil.

Entre em contato
x
x

Share to:

Copy link:

Copied to clipboard Copy